Texto e escrita na internet

 

 

Ao trabalhar com a internet, o professor percebe que deve mudar sua postura pedagógica. Ele passa a ser o mediador, o orientador dos alunos. O professor deixa de ser o centro do saber e essa mudança de postura necessita novas estratégias de ensino.

O texto eletrônico possui características próprias e que devem ser dominadas pelos alunos e professores. A  leitura não linear  pode, à primeira vista, parecer caótica, mas, em pouco tempo, percebe-se que os alunos facilmente dominam o meio digital.

”A possibilidade e agilidade de acesso aos diferentes links favorece a construção de textos reduzidos. A navegação é mais rápida e apoiada em recursos áudio-visuais. Estudos recentes indicam que o hipertexto estimula o pensamento não linear e cooperativo. Ou seja, a diminuição da distância entre o autor e o leitor viabilizada pelo espaço cibernético demanda uma nova compreensão de autoria.” ( Buzatto, 2001)

“Com a Internet, surgiram várias mudanças na forma de perceber um texto. O que tem mudado a noção de texto, tornando-se necessário perceber como texto não só os verbais, mas também os visuais e sonoros. O contato com o texto, antes através do material impresso, é feito na tela, requerendo mais rapidez, dinamismo e menos espaço.’ Valdeni Francisco

Um exemplo são os blogs, páginas de fácil edição que permitem a publicação de textos, imagens, vídeos e áudios. Ao trabalhar com blog, o professor oferece aos alunos a possibilidade de interagir com pessoas de outros espaços geográficos.

“Os blogs são espaços de autoria e de conversação. É a tela do computador como suporte textual que inaugura a possibilidade de diálogo (e/ou cooperação) entre escritores e leitores, diálogo esse que pode ocorrer no espaço do próprio suporte. Segundo Chartier (2002), essa inovação é tão radical que faz com que os leitores possam se transformar em co-autores, dado que seus comentários e intervenções podem chegar aos escritores rápida e diretamente, sem passar por intermediários como antes. A tela do computador como suporte textual permite que qualquer pessoa com acesso à internet possa publicar textos livremente e sem mediações, e a mesma tela permite que o escritor peça a colaboração do leitor que pode, agora, intervir no próprio conteúdo do texto.” (di Luccio e Costa, 2007).

Projetos de intercâmbio podem ser realizados através dos blogs, de páginas wiki ou editores de textos online. Pode-se desenvolver um blog da turma onde são publicados os textos produzidos durante um ano letivo, um blog sobre um tema de estudo, um blog de poesias, ou de pesquisas etc… As possibilidades são inúmeras e dependem do interesse e necessidades da turma.

Tenho desenvolvido alguns trabalhos em colaboração com outros professores via internet utilizando blogs e editores de textos coletivos. O envolvimento dos alunos é impressionante. Para eles é muito mais motivador escrever num blog, por exemplo, onde muitas pessoas terão acesso, do que entregar seu trabalho apenas para o professor. A visão de mundo é ampliada e a sala de aula ultrapassa os limites da escola.

Minha primeira experiência com blog educacional foi realizada com as Classes de Aceleração durante o ano letivo de 2005, no contra-turno, objetivando a inclusão digital dos alunos que não tinham aulas no laboratório como as turmas regulares. Além de aprender sobre internet, o blog favoreceu a leitura, interpretação e produção de textos e o intercâmbio com alunos de outras escolas através do sistema de comentários(http://acelera2005.blogdrive.com). Depois deste blog, outros trabalhos de produção de textos no meio eletrônico têm sido desenvolvidos com ótimos resultados.

Planejamento é fundamental. O professor tem que estar seguro dos objetivos de seu projeto de ensino para que isso também esteja muito claro aos alunos e para que ninguém se perca na grande teia que é a internet.

 

Referências:

LUCCIO, Flavia Di e NICOLACI-DA-COSTA, Ana Maria. Escritores de blogs: interagindo com os leitores ou apenas ouvindo ecos?. Psicol. cienc. prof. [online]. dez. 2007, vol.27, no.4 [citado 08 Maio 2008], p.664-679. Disponível na World Wide Web: . ISSN 1414-9893.

BUZATTO, Marcelo El Khouri.O Letramento Eletrônico e o Uso do Computador no Ensino de Língua Estrangeira: Contribuições para a Formação de Professores.2001[citado 08 Maio 2008]. Disponível na World Wide Web: http://ead1.unicamp.br/e-lang/publicacoes/down/00/00.pdf.

Fonte da imagem: http://www.educarede.org.br/educa/img_conteudo/1295_evolu%E7%E3odaescrita.gif

About these ads

3 Comentários

Arquivado em blogs, educação, ferramentas, internet, Rascunhando

3 Respostas para “Texto e escrita na internet

  1. Ciro

    Post muito esclarecedor! Parabéns

  2. gabriel

    copiei pro meu trabalho!

  3. Abordagem útil sobre o texto para internet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s