Leitura e escrita na escola

A lembrança que tenho das atividades de produção de texto na escola não levava em consideração questões como: onde e quando o texto é produzido, por quem, para quem e com que finalidades. As atividades geralmente eram descontextualizadas e sem significado para nós, alunos. Era comum, por exemplo, nas séries iniciais, a professora pendurar uma gravura (normalmente uma paisagem totalmente diferente de nossa realidade) e pedir uma descrição ou que inventássemos uma história. No início do ano, todos já sabíamos que teríamos que escrever sobre “As minhas férias”. Que tortura!

Propostas de produção de texto nesta linha não favorecem a formação de alunos leitores e, muito menos, estimulam a escrita. A escrita é resultado da leitura. Para o aluno aprender a escrever diferentes gêneros textuais é necessário que ele tenha contato com os mais diferentes tipos de texto e que estejam relacionados com sua vivência.

Hoje, na escola, percebo que, desde as séries iniciais, muitos professores já trabalham desta forma. Os alunos lêem jornais, revistas, bulas, receitas, poesias, crônicas, romances, listas, contas de luz, telefone, entre outros. A utiliação da internet favorece ainda a leitura de imagens, vídeos e animações. A publicação das produções textuais dos alunos nos edublogs valoriza e incentiva-os a escrever mais e melhor. Assim, os alunos vão percebendo que a escrita está inserida no dia-a-dia e que é necessário conhecer os diferentes gêneros para saber se comunicar bem.

 

Fonte da imagem: http://acertodecontas.blog.br/

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em educação, Rascunhando

5 Respostas para “Leitura e escrita na escola

  1. Obrigada pelo seu cantinho ter tantas dicas e tanto carinho pairando no ar!
    Deus te abençõe!

    Com carinho
    Silvia

  2. Oi Gládis!

    Vim aqui fazer um passeio, me deliciar com tuas escritas e também te trazer um presentinho.
    Vai até o Idéias em Blog que tem um carinho pra ti.
    Teu blog faz a diferença!!!
    Bjoka e uma ótima semana
    Verônica
    http://ideiasemblog.blogspot.com

  3. Luciene Alves Brandão

    Olá!
    Assisti a sua palestra no Congresso de Tecnologia em Brasília, e só posso te dizer uma coisa, você encantou e motivou muitos professores, parabéns… Adorei!

  4. Carlos Brandão

    Tenho as mesmas percepções.
    Que bom que atualmente ocorre uma inovação na estrutura de planejamento para as construções textuais.
    A internet auxilia, porém, não é tudo.
    Sua exposição no texto ficou tão suave e compreensível.

    Valeu pela dica.

  5. Pingback: Os números de 2010 | Gládis Leal dos Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s