Arquivo do mês: fevereiro 2012

#EducaParty e Campus Party #CPBR5 – As pessoas

Já se passou algum tempo desde que a Campus Party e a EducaParty acabaram. Muito já foi publicado nos blogs sobre o evento, sobre as palestras, os ótimos debates a que assistimos, as atividades das quais participamos, as reflexões que fizemos e que continuamos a fazer.
Destaco alguns debates super interessantes que rolaram por lá. Não pude acompanhar todos, pois nossa agenda estava apertada. Sim, nós tínhamos uma agenda cuidadosamente preparada e cheia de atividades imperdíveis. A Educação vai se Reeducar, Ética Digital e o uso responsável da web, Games na Educação, Celular na Educação, Como usar, criar e compartilhar Recursos Educacionais Abertos, entre muitos outros, foram alguns dos temas discutidos durante a EducaParty.
Para assistir às palestras e debates me inscrevi o canal da Campus Party no YouTube. O pessoal ainda continua subindo vídeos, vale à pena acompanhar: http://www.youtube.com/user/campusparty/videos Pesquise mais vídeos no YouTube utilizando as tags CPBR5 e EducaParty.

Participar de um evento com este nos proporciona também o encontro com pessoas muito especiais. Algumas delas eu já havia conhecido pessoalmente e tive a felicidade de reencontrar, como minha querida amiga Marli, que conheci através do EducaRede, em 2005, num chat agendado por ela sobre Blogs na Educação. Como divulguei no site o endereço do blog da escola que havia criado, recebi um convite do pessoal do Educarede para participar do bate-papo. A partir daí, não paramos mais. Esta foi a terceira vez que nos encontramos e a emoção é sempre a mesma.

Poder interagir através da rede, conhecer pessoas novas, aprender com elas e trocar experiências é maravilhoso. E quando temos a oportunidade de conhecer estas pessoas, olhar no olho, dar um abraço e sentir sua presença começamos a chamá-los pelo primeiro nome. Eles fazem parte de nossa vida, de nossa história. Por isso, dedico este post aos amigos que reencontrei  Marli Fiorentin, Sonia Bertocchi, Priscila Gonsales, Mila Gonçalves, Alair Betti Della Coletta,Lucelia Mariano, Neli Maria Mengalli, Renata Aquino Ribeiro, Elaine Salha, Egui Branco, Lilian Starobinas.

Dedico também àqueles que conheci pessoalmente,  os “desvirtualizados”:  Sérgio Lima, Miriam Salles, Edson Nasimento, Juliana Borin Viana, Vanessa Dantas , Débora Sebrianm,  Cibele Meyer e a Vanessa Nogueira. Agora já posso  chamá-los pelo primeiro nome 😉

Um novo amigo foi o Robson Santos que desenvolve um importante trabalho social no Complexo do Alemão através do site: http://www.novocomplexodoalemao.com/tempsite/

Como não poderia deixar passar também tive meus momentos tiete. Olha só que chique posando com o professor Sugata Mitra, a professora Léa Fagundes e o professor Nelson Pretto.

Nas fotos abaixo, outros momentos legais de descontração, de aprendizagem e encontros com os amigos queridos.

É uma pena que eu não tenha conseguido uma foto com todo mundo que encontrei ou reencontrei. Mas todos estão bem guardados na mente e no coração.

Quero agradecer mais uma vez a todos que direta ou indiretamente contribuíram para a realização deste evento que nos proporcionou tanto crescimento, aprendizado, emoções e alegrias. Vocês são mil!

4 Comentários

Arquivado em educação, internet, tecnologias

Tudo o que você precisa saber sobre o que aconteceu na #CPBR5 – por YOUPIX

Ainda sob efeito da #Educaparty e Campus Party #cpbr5 compartilho aqui uma notícia que me deixou bastante surpresa e feliz. Um de meus twittes do primeiro dia, durante o encontro vip que tivemos com o professor indiano Sugata Mitra, está entre as frases de efeito, destacadas pelo Youpix num resumão sobre a Campus Party.

@gladislsantos: O professor não precisa usar o Facebook para ensinar, mas pode usar para provocar seus alunos.

A frase, na verdade, não é minha e sim de Sugata Mitra quando questionado a respeito do uso das redes sociais na educação.  Ele também falou que os jovens preferem que seus professores não invadam suas redes .  Concordo que a escola não precisa fazer uso de cada novidade que aparece para se dizer antenada, moderna. O mais importante é o método, não o meio.

De nada adianta repetir um modelo tradicional de transmissão de conteúdos, usando, por exemplo,  o Facebook. Já vi isso acontecer no Orkut. Aí, os alunos vão correr mesmo. Eles querem usar as redes para se comunicar, compartilhar e se divertir.  Pensando assim, é possível, sim, utilizar o Facebook, o Twitter e o que mais surgir por aí com os alunos elaborando boas perguntas e desafios que os instiguem a pensar, pesquisar, colaborar e construir conhecimento em rede.

Deixe um comentário

Arquivado em educação, internet, mídias, Notícias, professor, tecnologias

Educaparty – uma experiência inesquecível durante a CampusParty

Entre os dias 07 e 10 de fevereiro, no Anhembi, SP, tive a felicidade de participar da primeira edição da #Educaparty, evento direcionado à educação, dentro da Campus Party, que é “o maior acontecimento de tecnologias, inovação, entretenimento digital, ciência e cultura digital do mundo.”

Realizado pela Fundação Telefônica com a parceria do Instituto Educadigital, o evento reuniu quase 300 convidados, dentre eles, educadores inovadores, líderes digitais e especialistas da área de Educação e Tecnologia que participaram de uma jornada de aprendizagem especialmente preparada para oferecer inúmeras atividades como palestras, debates e oficinas que nos proporcionaram uma verdadeira imersão nas mais diversas tecnologias que podem e devem estar aliadas à educação.

No dia 07, às 14h, fomos recebidos pela equipe do Instituto Educadigital e Instituto Tellus, no hotel Holiday Inn onde ficamos todos hospedados, e participamos a primeira atividade que foi uma dinâmica de integração tendo como princípio a cocriação. Nesta atividade pudemos interagir com o grupo e refletir sobre o que gostaríamos de aprender durante a Educaparty, já nos preparando para a semana de intensas atividades que se seguiram.

Tivemos também a presença da professora Léa Fagundes neste encontro e ainda uma conversa bastante descontraída com o pesquisador indiano Sugata Mitra, professor de Tecnologia Educacional da Newcastle University e convidado especial para abrir a EducaParty. Nesta conversa Sugata Mitra fez algumas reflexões sobre como as crianças aprendem umas com as outras e como a escola, muitas vezes, inibe este processo natural de aprendizagem através de seu modelo industrial de transmissão de conteúdos. Para exemplificar, solicitou aos participantes que dessem exemplos de conteúdos que ministrariam no dia seguinte e fez considerações sobre como compartilhar com os alunos a responsabilidade pela busca de conhecimento, deixando que os alunos sejam efetivamente protagonistas no desenvolvimento de sua aprendizagem. Ainda no mesmo dia, à noite, assistimos à palestra de Sugata Mitra no palco principal da Campus Party com grande público.  Suas ideias convidam o professor a repensar seu papel na escola propondo uma parceria com os alunos para juntos aprenderem mais e melhor.

Os dias passaram rápido, muitas vezes, gostaria de estar em três ou quatro lugares ao mesmo tempo. Enquanto acompanhava um debate e twittava destacando as principais ideais, também lia os posts dos colegas que twittavam sobre outro debate que acontecia mais adiante e sobre um assunto também imperdível. Como administrar tanta informação? A vida é feita de escolhas. Então era preciso escolher.  O bom é que os debates ainda podem ser vistos pelo Campus Channnel.

 Como disse o colega Sérgio Lima, que foi um dos “desvirtualizados” (termo que passamos a usar para nos referirmos a quem já conhecíamos e/ou interagíamos em rede e que finalmente conhecemos pessoalmente), só quem esteve lá sabe o que viveu. É impossível descrever a emoção destes encontros e dos reencontros, o carinho e a acolhida da equipe que preparou nos mínimos detalhes esta jornada de aprendizagem da qual participamos.

O próximo post será dedicado aos encontros, reencontros e novos amigos. 😉

Este slideshow necessita de JavaScript.

Desafios da Educação, Desenvolvimento Econômico e Concurso Hackathon. Veja um resumo do segundo dia da Campus Party Brasil 2012. #cpbr5 #vivonacampus

1 comentário

Arquivado em internet, mídias, professor, software livre, tecnologias