Arquivo da categoria: ferramentas

Programação para crianças

code2.jpg

As crianças vão adorar aprender os conceitos básicos da Ciência da Computação com uma progamação básica de arrastar e soltar.  As aulas de programação são apresentadas por um um vídeo tutorial  estrelado por Bill Gates, Mark Zuckerberg, Angry Birds e Plants vs Zombies.

Deixe um comentário

Arquivado em educação, ferramentas

Finalizando o curso Tecnologias na Educação – turma 01 de 2012

Como é bom cumprir uma etapa, alcançar um objetivo, concluir um projeto, conquistar um sonho! 🙂
Estamos encerrando o curso do programa Proinfo Integrado “Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC“. Foram 4 meses de muito estudo e muito trabalho. Para muitos professores foi a primeira experiência de curso na modalidade semi-presencial. O curso de 100h teve 9 encontros presenciais em que pudemos discutir  os vários temas propostos e também aprender novas ferramentas midiáticas para aplicar com os alunos. A seguir um breve resumo das principais atividades desenvolvidas.
No primeiro módulo “Tecnologia na Sociedade, na Vida e na Escola”, a partir da leitura e reflexão sobre os assuntos lidos, os primeiros textos em duplas foram produzidos e publicados no blog do curso. Como atividade prática uma pesquisa sobre as tecnologias utilizadas nas escolas traçou um panorama a respeito da atual existência e utilização das TIC nas unidades escolares. Para apresentar os resultados da pesquisa foi utilizada o primeiro recurso online: o Google Docs.
Também neste primeiro módulo iniciamos o estudo sobre Mapas Conceituais e WebQuests que foram aprofundados no módulo seguinte.
Além dos estudos a distância cada módulo teve também como atividade online a participação nos Fóruns de Discussão. Os fóruns ofereceram uma oportunidade a mais de troca de ideias e interação entre os cursistas.
No módulo 2 “Internet, Hipertexto e Hipermídia” estes conceitos foram estudados e também vivenciados. Os blogs/portfólios dos cursistas foram criados durante o encontro presencial e começaram a ser alimentados com os relatos de aplicação das atividades desenvolvidas nas escolas utilizando os Mapas Conceituais e as WebQuests. Estas metodologias permitiram aos professores exercitarem a autoria e o planejamento de atividades desafiadoras para seus alunos além de vivenciarem a aplicação da teoria em sala de aula. As impressões sobre estas experiências fazem parte dos registros nos portfólios.
Durante o terceiro módulo “Currículo, Projetos e Tecnologias” pudemos aprofundar a reflexão sobre práticas de integração de tecnologias ao currículo.  A partir da leitura do texto “Os desafios da linguagem do século XXI para a aprendizagem na escola” de Pedro Demo, os professores elaboraram um hipertexto e puderam expor suas ideias  através de palavras, imagens, vídeos, apresentações e hiperlinks.
O último módulo do curso “Prática Pedagógica e Mídias Digitais”  permitiu analisar e experimentar algumas possibilidades de incorporar esses meios ao trabalho pedagógico através da criação de jogos digitais e a produção de atividades online utilizando o formulário do Google Docs aliado a vídeos do YouTube.
No Fórum de Discussão os alunos analisaram o panorama de uso das mídias nas escolas e  discutiram a respeito de suas possibilidades como aliadas ao processo de ensino e aprendizagem.
Não posso deixar de ressaltar aqui o empenho e a dedicação dos professores que participaram ativamente do curso com muito comprometimento colocando em prática, na escola, alguns dos recursos estudados. Tenho certeza de que muito mais ainda será desenvolvido com os alunos a partir destas vivências. Mais importante do que o que foi realizado é o que ainda será desenvolvido. Como uma cortina que se abre, o curso revelou várias possibilidades de uso das mídias e tecnologias na educação, provocando a reflexão e a inquietação. Saber do que é possível fazer é o primero passo para que se queira fazer!
Deixo registrado aqui meu agradecimento à Secretaria de Educação que me permitiu a convivência e aprendizagem como tutora deste grupo de pessoas tão especiais, professores que querem e que sabem que podem fazer a diferença na vida de seus alunos.
Obrigada, professores, sentirei saudades de todos, mas continuarei acompanhando o belíssimo trabalho de vocês através dos seus portfólios:
Turma do matutino
Turma do vespertino
Como última atividade proponho uma avaliação dos professores cursistas utilizando o sistema de comentários considerando aspectos como: formato do curso, você como aluno de EAD, conteúdos teóricos e organização modular, atividades a distância, encontros presenciais, aplicação prática com os alunos, conhecimentos construídos, dificuldades encontradas, obstáculos vencidos, atuação da tutoria, material do curso e o ambiente EAD.
Um grande abraço e obrigada a todos pela companhia durante estes quatro meses. Sucesso!

45 Comentários

Arquivado em educação, ferramentas, internet, mídias, professor, tecnologias, vídeo

Fórum internacional sobre REA

Governos de países latino-americanos se reúnem no Rio de Janeiro, hoje e amanhã, para debater as questões de desenvolvimento e utilização dos Recursos Educacionais Abertos (REAs), que são materiais educativos de livre acesso na internet. O Fórum Latino-americano de Políticas em Recursos Educacionais Abertos terá a participação de ministros de Educação da América Latina, tomadores de decisão, especialistas e pesquisadores na temática.

O Fórum Latino-americano é um dos seis eventos regionais preparatórios para o Congresso Mundial da Unesco sobre Recursos Educacionais Abertos de 2012, a ser realizado em Paris, entre 20 e 22 de junho deste ano. O encontro é uma oportunidade para discutir e contribuir para a elaboração da Declaração da Unesco sobre REA (Declaração de Paris), que incluirá uma definição clara de licenças abertas e encorajará os governos a apoiar o princípio de que os produtos criados com financiamento público devem ter tais licenças.

Estava previsto que o evento fosse aberto hoje, às 9h, com a presença de Abel Caine, especialista da Unesco em Sociedades do Conhecimento, John Daniel, representante da Commonwealth of Learning (COL), Claudia Costin, secretária Municipal de Educação do Rio de Janeiro, Mila Gonçalves, representante da Fundação Telefônica e Márcio Mendes Costa, reitor da Universidade Gama Filho.

O Fórum está sendo organizado pelos escritórios da Unesco no Brasil, no Chile e Uruguai em parceria com a Commonwealth of Learning (COL) e a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e o apoio da Fundação Telefônica, da REA-Brasil, do NIED da Universidade de Campinas-Unicamp, da Escola Municipal de Saúde de São Paulo e da Universidade Gama Filho.

O objetivo dos fóruns regionais é não só aumentar a conscientização global sobre o Congresso Mundial de 2012, mas também apresentar políticas locais, especialistas e iniciativas sobre REA e promover o intercâmbio de experiências. Em junho próximo, o Congresso Mundial da Unesco sobre Recursos Educacionais Abertos pretende ser um marco na rota para a realização de uma nova conferência sobre REA e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), em 2015, data limite para o alcance dos ODM.

O que são Recursos Educacionais Abertos

Recursos Educacionais Abertos – REA, (em inglês: Open Educational Resources, OER) consistem em diversos tipos de materiais de ensino, aprendizagem e pesquisa sob domínio público ou licenciados de maneira aberta, o que dá direito legal aos usuários de usar, copiar e redistribuir gratuitamente. Os REA são reconhecidos pela Unesco como uma oportunidade estratégica de melhorar a qualidade da educação, bem como facilitar o diálogo político, o compartilhamento de conhecimento e a capacitação.

Em 2001, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em uma virada sem precedentes, anunciou a publicação de quase todos os seus cursos on-line, acessíveis ao público. Com o número crescente de instituições que oferecem materiais educacionais de forma gratuita ou aberta ao público, a Unesco organizou, em 2002, o primeiro fórum global sobre recursos educacionais de livre acesso, quando se adotou a expressão “recursos educacionais abertos” .

Com o apoio da Fundação Hewlett, a Unesco estabeleceu em 2005 um wiki mundial comunitário sobre recursos educacionais abertos, para trocar informações e trabalhar em colaboração sobre questões relacionadas com a produção e utilização de recursos educacionais abertos.

A Unesco está desenvolvendo uma nova plataforma inovadora de recursos educacionais abertos, que incluirá uma seleção de publicações da Organização de livre acesso e permitirá às comunidades – incluindo professores, alunos e profissionais da educação – que as utilizem, copiem, adaptem e partilhem livremente.

Mais informações:

Transmissão ao vivo: http://www.tvaovivo.tv.br/forumrea

Sobre o Fórum Latino-americano de Políticas em Recursos Educacionais Abertos no Rio: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/communication-and-information/ict-in-education/latin-american-open-educational-resources-congress/#c311024

Sobre o Congresso Mundial da UNESCO (em espanhol): http://www.unesco.org/new/es/communication-and-information/events/calendar-of-events/events-websites/world-open-educational-resources-congress/

Facebook page – facebook.com/open.educational.resources.oer

Twitter – #oercongress

Data/hora: Abertura do encontro, quarta-feira (28/03), às 9h

Local: Universidade Gama Filho, Av. Presidente Vargas, 62, Centro, Rio de Janeiro, RJ.

(da assessoria de imprensa da Unesco no Brasil)

Deixe um comentário

Arquivado em educação, ferramentas, Notícias

Crie um infográfico sobre sua presença no Facebook

Com o http://visual.ly você cria rapidamente um infográfico como este a partir de sua conta no Facebook. Também é possível fazer o mesmo usando a conta do Twitter.

infographic11223-5337-p8y1ka

Deixe um comentário

15/03/2012 · 9:42 PM

Criando Haicais interativos

O site Educar para Crescer apresenta mais uma excelente ferramenta interativa para a criação de Haicais.

Deixe um comentário

Arquivado em ferramentas, internet

Você conhece o Qwiki?

Sem dúvida nenhuma a internet mudou totalmente o modo como acessamos as informações.  Uma nova experiência saída da fase alpha fechada é o site Qwiki que se propõe a apresentar os resultados dos conteúdos buscados através de uma apresentação visual em tempo real incluindo mapas, vídeos, imagens e animaçõs. Os   vídeos são narrados e transcritos em inglês e mais opções estão previstas para breve.

Segundo os desenvolvedores o  “Qwiki abrange mais de 3 milhões de termos de referência – incluindo uma grande variedade de pessoas, lugares e coisas. Você pode digitar qualquer termo indexado e Qwiki irá gerar uma experiência de informação  ao descrevê-lo.”

Durante a apresentação, é possível clicar sobre as imagens para  ver a fonte  e  explorar Qwikis relacionados.

Deixe um comentário

Arquivado em ferramentas, vídeo

Faça sua cola eletrônica para as eleições

O site O Globo publicou esta ferramentinha muito útil para montar sua cola. Depois, é só imprimir.

Deixe um comentário

Arquivado em ferramentas, Notícias