Dicas para escolher o transporte escolar dos filhos

??????????????????????????????????????????????????????????????????????

A locomoção dos estudantes de casa para a escola e vice-versa é geralmente feita por condução particular. A distância, segurança e comodidade são razões das quais fazem os pais optarem por este serviço.

A contratação desta prestabilidade requer algumas observações para resguardar a segurança dos filhos. Quando a condução não é da própria escola, mas oferecida por profissionais autônomos é necessários tomar nota de alguns detalhes que devem ser seguidos por quem pratica o ofício do transporte de alunos.

O automóvel deve preencher todas as regras exigidas por lei e que funcionam como medidas de segurança para o motorista e os passageiros. É uma relação similar como a do condutor de carro passeio que deve fazer as revisões corriqueiras, optar por uma boa seguradora de carro que tenha um seguro cujos benefícios guardem a segurança do automóvel, além do respeito às leis de trânsito.

Atenção ao número de passageiros

Quando se transporta várias crianças o número de cintos de segurança deve ser igual aos dos passageiros. Os vidros das janelas só podem ser abertos até 15 cm, para evitar que através de brincadeiras as crianças se exponham para fora do veículo. De acordo com a idade, é necessário o carro ter as cadeirinhas adequadas para o transporte de crianças pequenas. No caso em que a capacidade de transporte for superior a 20 lugares, é exigia a presença de um acompanhante.

Selo de vistoria

Há a obrigatoriedade da renovação anual da licença e da vistoria semestral para o automóvel, com isto é colocado um selo de vistoria em cada semestre. É proibido o transporte de passageiros em pé ou no colo, é exigido também curso de Transportador Escolar regulamentado pelo DETRAN.

Habilitação do condutor

Quem conduz transporte escolar deve ter habilitação D, não é problema se os pais querem se certificar e pedem para ver a habilitação do motorista. É recomendado antes de contratar conversar pessoalmente com o profissional, manter seus contatos para em caso de dúvidas ter acesso ou para comunicar alguma informação.

Roteiro percorrido

A escolha do melhor transporte deve também levar em consideração o roteiro feito pelo veículo. Isso porque é melhor optar pelo serviço que o faz de acordo com bairros e regiões, colocando um limite no raio de quilometragem para não obrigar a criança passar horas no trânsito, rodando de um ponto a outro.

Há empresas que montam roteiros em bairros paralelos ou com alguma proximidade e combinam para o mesmo horário alunos das proximidades, o que é sempre melhor.

Conforto durante o trajeto

Quando se paga por um serviço cabe cobrar também detalhes em relação ao conforto das crianças, a limpeza do automóvel e a climatização devem estar em dia. Ainda mais quando o clima e o trânsito pesado pode fazer um trajeto ser mais difícil pelo calor e pela demora no tráfego.

1 comentário

Arquivado em publipost, Sem-categoria

A importância do inglês na carreira profissonal

 

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

A busca pelo aprimoramento nas carreiras exige muitas vezes o conhecimento de outros idiomas. As distâncias são menores com a tecnologias e isso coloca profissionais mais próximos, projetos com cooperação de universidades estrangeiras, programas de pós-graduação em formato sanduíche – feito parte no Brasil e parte no exterior, além da própria linguagem utilizada em algumas áreas se valerem de termos em inglês.

Apesar de outras línguas estarem alcançando uma importância mais forte no meio cultural e econômico, o inglês ainda permanece no seu topo de destaque por ser uma língua estrangeira muito falada fora dos países onde é a língua oficial. O que a realidade mostra é que saber falar inglês atualmente já é considerado um conhecimento básico, já esperado no currículo de profissionais de várias áreas, sendo aconselhável ainda incluir outras línguas além do inglês.

Por isso, quem ainda não dedicou tempo ou não decidiu investir neste conhecimento, está abaixo do que o mercado exige para várias profissões.

A internet, por exemplo, introduziu muitas palavras estrangeiras no nosso vocabulário. E é neste meio que pesquisas e informações são buscadas e publicadas a cada segundo, não entender inglês cria uma lacuna que nem sempre é solucionada com google tradutor.

Graças a diversidade de tipos e modalidades de cursos de inglês é possível sim ajustar o bolso e o tempo para se dedicar. Se pensarmos como era há décadas atrás, havia somente cursos muitos caros e tradicionais para famílias abastardas. Hoje há novos cursos com uma pedagogia modernizada, com uso de tecnologias que unem o conhecimento e um ambiente agradável de aprendizado, com custos mais acessíveis.

O elemento tempo também ganhou pelo fato de existirem cursos online de inglês, alguns pagos e outros gratuitos, em que é possível melhorar o conhecimento, enriquecer o vocabulário e manter em dia o foco das atividades das línguas estrangeiras sem sair de casa, ou mesmo no intervalo de aulas na faculdade.

Empresas multinacionais que realizam campanhas e parcerias com grupos estrangeiros colocam como prioridade a fluência em outros idiomas. O turismo e a comunicação também são áreas em que a desenvoltura no inglês pode ser determinante para uma vaga. Pequenos exemplos que demonstram o quão é significativo o investimento pessoal neste campo.

Deixe um comentário

Arquivado em educação, publipost, tecnologias

A saúde da visão na infância

????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

 

A atenção que uma criança dedica a uma aula não passa somente pelo interesse de um explicação bem dada, mas também na condição da visão. Problemas oftalmológicos são muito comuns na primeira infância e é necessário observar o comportamento do filho, ou suas reclamações, para sanar o caso e ajuda-lo a ter um rendimento escolar melhor.

Se não for detectado, um problema de visão pode comprometer o desempenho acadêmico da criança. Os casos mais comuns são: a miopia, a hipermetropia, o estrabismo, entre outros. Em muitos casos o uso contínuo dos óculos já é suficiente para acabar com os desconforto, como dores de cabeça e a própria dificuldade de enxergar o que está escrito no quadro ou nos livros.

Muitas famílias se preocupam em manter o plano de saúde e fazer visitas regulares ao pediatra, mas esquecem de levar o pequeno a um oftalmologista. A saúde da criança também depende de exames preventivos porque buscam solução antes do problema se agravar.

Observe sintomas comuns de problemas de vista

Um indicativo comum é a dor de cabeça após às aulas, ou após um período de estudo e leitura. Irritação nos olhos também pode ser um sinal que algo está errado.

A prevenção também inclui proteção dos raios solares, a exposição aos raios UV também prejudica a visão, por isso é recomendado o uso de óculos de sol de qualidade quando passar longo tempo sob o sol, na praia, por exemplo.

Algumas crianças por apresentarem dificuldades em enxergar podem cometer erros de escrita, como copiar errado e trocar letras como p pelo q ou d com b, esse detalhe pode ser confundido com outros problemas, sendo na realidade apenas uma dificuldade de enxergar bem, corrigido com o uso dos óculos.

Geralmente as crianças que sofrem de miopia carregam a característica de apertar os olhos na tentativa de enxergar objetos ao longe.

Já a hipermetropia se apresenta ao contrário, na dificuldade de enxergar de perto – a criança tem uma percepção borrada de objetos próximos. O comportamento pode variar e aprensentar dores de cabeça ou nos olhos, além de piscarem repetidamente ou lacrimejarem com facilidade.

Estrabismo em crianças

Comumente chamado de “desvio”, o estrabismo é uma perda de paralelismo dos olhos. Muito importante a avaliação de um oftalmologista para analisar o uso de óculos ou a prática de exercícios ortópticos, eles fortalecem a musculatura do sistema ocular. Em alguns casos uma cirurgia é indicada para correção.

O mais correto é assim que notado o estrabismo levar a criança para um oftalmologista.

Deixe um comentário

Arquivado em publipost

Tecnologia no ensino a distância

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

A educação no país está cada vez mais evoluindo e com o ensino a distância não é diferente. Conheça aqui tudo sobre a tecnologia no ensino a distância.

O ensino a distância (EAD) tem feito muito sucesso em nosso país e para melhorar ainda mais esse método de ensino são usadas tecnologias que proporcionam meios para facilitar o ensino. Como exemplo podemos citar o e-learning, que usa a internet para que o aluno possa se comunicar com o professor.

Com as novas tecnologias desenvolvidas para alunos de EAD, o ambiente de ensino está mais enriquecido, favorecendo a interação entre aluno e professores. Levando em conta que muitos alunos do ensino a distância possuem dificuldades para usar as tecnologias, o EAD disponibilidade várias tecnologias para que eles consigam se adequar a alguma.

Veja quais os tipos de tecnologias que são usadas nessa modalidade de ensino:

- Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA)

Ambientes que auxiliam a educação a distância com espaços para facilitar a gestão dos cursos de EAD em um ambiente virtual. Assim, toda a interação entre o aluno do curso a distância e o professor é feita nesses locais, onde os cursos são separados por salas virtuais.

- Chats

Conhecido também como bate-papo, é utilizado na educação a distância onde seu objetivo é estabelecer uma conexão entre os participantes. Pelo chat os alunos esclarecem dúvidas com os seus professores e tutores, promovendo até mesmo discussões em grupos.

Como vantagem, o chat permite que as conversas sejam armazenadas de forma que, um aluno que não participou dessa discussão e possui a mesma dúvida, tenha acesso.

- Vídeo conferência

Essa é uma tecnologia onde os alunos e os professores podem estabelecer uma comunicação bidirecional, por meio de dispositivos de comunicação. No EAD a videoconferência proporciona um contato visual entre os professores e os alunos, mas existem limites para esse tipo de tecnologia, por exemplo, um computador ou outro dispositivo ligado na internet.

Quais as vantagens de usar a tecnologia no ensino a distância?

Entre as vantagens, podemos destacar:

Os alunos podem buscar informações à medida que precisarem por meio do acesso à internet, pois podem fazer pesquisas sobre vários assuntos; As mídias, assim como os ambientes virtuais, estabelecem uma interação entre professor e aluno em tempo real; Por meio de tutores que estão disponíveis nos ambientes virtuais, cada estudante de EAD pode sanar suas dúvidas sempre que precisarem; Com os métodos de ensino que são usados na EAD, os alunos podem trocar experiências; As aulas estão disponíveis para qualquer aluno que quiser acessá-las e sempre que precisar. Assim, se alguém perdeu alguma aula ou ficou com dúvidas sobre o conteúdo, poderá revisar quando e quanto quiser; Com a tecnologia utilizada na EAD, os alunos graduandos e o corpo docente do curso terão uma proximidade maior, além da interação. Com a tecnologia no ensino a distância os alunos podem estudar mais e se preparar para as provas de forma fácil e prática, podendo contar com ajuda de seus tutores. Dúvidas sobre a oferta de cursos podem ser esclarecidas através dos sites das instituições ou atendimento pelo Pabx com atendentes preparados para explanar os detalhes sobre as ofertas de cursos.

Dafna Obadia – escritora e assistente virtual paraense, dedica-se à Licenciatura em Letras na Universidade Anhanguera e Bacharelado em Direito na Universidade da Amazônia.

Deixe um comentário

Arquivado em educação, internet, publipost

Infância assombrada pela ditadura

O SEGREDO DA FAMÍLIA URSO é um curta-metragem de ficção que narra o contato de uma criança de 8 anos (Geórgia) com a ditadura militar brasileira, através de elementos de suspense e terror.

Uma produção original NOVELO FILMES.

Na semana em que o golpe que instituiu a ditadura no Brasil completa 50 anos, a produtora ilhoa Novelo Filmes divulga o teaser trailer de O Segredo da Família Urso, cuja trama resvala em aspectos do regime militar. O curta, contemplado pelo Prêmio Catarinense de Cinema 2011/2012 e rodado em Lages, se passa em 1970, onde a garotinha Geórgia (a atriz joinvilense Liz Comerlatto) estranha o fato de seu quarto de brinquedos estar permanentemente trancado. Ela nem desconfia que seus pais são simpatizantes do regime e que o cômodo virou um cárcere. O Segredo… deve estrear em maio, no 10º Fantaspoa, em Porto Alegre. – via http://wp.clicrbs.com.br/orelhada

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias, vídeo

Prêmio Curta Histórias

Curta-Histórias

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Curta Histórias.

O que é

Curta Histórias é uma premiação voltada aos alunos matriculados na Educação Básica da rede pública de ensino de todo o país. Em sua segunda edição, o prêmio tem como tema Personalidades Negras.

Esta iniciativa visa incentivar novos talentos e estimular o desenvolvimento das atividades pedagógicas e audiovisuais de cunho cultural e educativo em escolas públicas brasileiras.

Como participar

Cada escola poderá inscrever apenas um vídeo em cada categoria, produzido por uma equipe formada por um professor ou educador responsável e até cinco alunos. As categorias são:

  • Ensino Fundamental – anos iniciais
  • Ensino Fundamental – anos finais
  • Ensino Médio
  • Educação de Jovens e Adultos

Os vídeos devem ter, no máximo, um minuto de duração, sem contar os créditos. As imagens podem ser captadas por meio de aparelhos de telefone celular ou câmeras domésticas.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas de 25 de março até 25 de abril de 2014.

Clique aqui para acessar o regulamento.

 

Saiba mais no site: http://curtahistorias.mec.gov.br

 

Deixe um comentário

Arquivado em educação, Notícias, vídeo

A experiência de estudar um novo idioma

????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

O estudo de línguas estrangeiras integra o programa de aulas das escolas públicas e particulares de ensino básico no Brasil, atualmente o inglês e o espanhol são os dois idiomas exigidos e presentes na grade curricular. Este último teve o início de sua implementação em 2005, e teve o prazo de 5 anos para entrar no programa definitivo das escolas.

Mas a dedicação pessoal de cada aluno nesse caminho é o ponto crucial para um bom resultado. A abertura que o mundo vivencia através do boom tecnológico das últimas décadas proporcionou também um contato mais facilitado com outras culturas e línguas, e despertou o interesse no aprendizado de outros idiomas.

Estudar no exterior passa a ser uma das melhores opções para entrar em contato direto com a língua e com os costumes culturais. Não há melhor forma de assimilar outro idioma do que quando o indivíduo é imerso no dia a dia do país cuja língua estrangeira é a oficial.

Reconhecer que, investir no estudo de um idioma não se resume somente à assimilação de regras gramaticais e pronúncia, mas carrega em si todo o entendimento cultural referente ao país cuja língua estrangeira é o idioma oficial, na escolha de fazer um curso de inglês por exemplo, a cultura inglesa e americana.

A decisão de estudar fora, seja através de um programa de intercâmbio ou cursar uma faculdade, requer planejamento. Para essa segunda opção, universidades federais brasileiras e algumas privadas mantêm acordos para envio de alunos em cursos que oferecem períodos revezados, através de seleções internas e bolsas, muito comuns nas chamadas graduações “sanduíches”, cujo período é alternado entre o Brasil e um país estrangeiro.

No caso do intercâmbio o estudante tem um leque de opções desde o país de destino, período de aulas, tipo de estadia, entre outros detalhes, porém requer um investimento financeiro maior quando não dispõe de bolsa. Melhorar a fluência do idioma é o motivo mais ressaltado pelos estudantes que optam por passar um período estudando fora.

Na Inglaterra, um dos clássicos destinos para melhorar o inglês é a cidade estudantil Cambridge. Com os tradicionais colégios ingleses e pátios das universidades em cada metro quadrado, a cidade é um convite à atmosfera acadêmica. Não é à toa que alunos de todas as partes do mundo escolhem ela, às margens do Rio Cam, para um período de estadia.

O planejamento é importante para que o período possa ser de máximo enriquecimento pessoal e intelectual. Além da dedicação diária, o aluno deve ter em mente que o uso do idioma deve sempre vir em primeiro lugar, ou seja, tentar usá-lo ao máximo, entre os estudantes e em várias ocasiões, como na hora de fazer compras, por exemplo.

A continuidade do estudo é a chave para manter o conhecimento, materiais de áudio, livros, exercícios, filmes e música são essenciais e devem estar presentes sempre como ferramentas para desenvolver e alargar o entendimento, além da internet, que através de seleção de materiais pode oferecer uma ajuda importante para difusão das línguas.

Você já começou estudar outro idioma?

Por Roberta Clarissa Leite

 

Deixe um comentário

Arquivado em educação, publipost